Eduardo Amarante, da Skazi, desfilou pela primeira vez no Minas Trend, mas já tem 25 anos de estrada.

Como surgiu a ideia de desfilar no Minas Trend?
A decisão partiu do convite da FIEMG para integramos o casting de desfile do evento. Além disso, tínhamos um motivo para comemorar: os 25 anos da marca e uma maturidade para assumir um desfile. Foi uma união de sentimentos e vontade.

Como funciona o processo de criação das coleções dentro da marca?
O processo de criação é bem orgânico. Para as coleções, faço duas viagens de lifestyle. Ano passado, fomos para Dubai. Foi incrível, conheci uma cultura completamente diferente. No segundo semestre, fomos para a Turquia (Istambul e Capadócia). Isso abriu minha mente de uma maneira impressionante. Foi o ponto forte da minha pesquisa de inverno.

O desfile nos dias de hoje ainda é uma boa estratégia de vendas?
O desfile era uma incógnita. Não tínhamos certeza se era uma ação comercial boa, mas nos surpreendeu infinitamente. Nós ficamos com a loja lotada de clientes que não haviam comprado ainda algumas peças do desfile, e agora estão lá recomprando. Isso porque as clientes finais já estão em busca dessas roupas. Isso é sensacional.

Cite uma personalidade que é a cara da Skazi?
São tantas! Mas eu falaria de três: a Ju Paes, a Lumilla – que é uma mulher que empodera a minha roupa, faz a roupa flutuar – e a Paula Fernandes, que é uma amiga que amo.

Vários nomes estavam no evento prestigiando a marca. Como se deu a escolha deles?
Na verdade, não foi uma escolha. São todas amigas minhas que, quando falei do desfile, disseram: “Eduardo, eu vou”. Quando convidei a Ju Paes, ela disse: “Eu vou, mas só se for para desfilar”. Foi orgânico, uma coisa de amigo, de parceiro.

Três tendências que vocês estão levando para a passarela e para a coleção de verão 2019. E por quê?
A primeira são os fluidos. A fluidez, mesmo no paetê, tem caimento e leveza. Os geométricos e as listras são uma supertendência de verão. A terceira é o comprimento maxi, que tapa o pé e que, no verão, deixa a mulher muito chic.

E qual é o próximo passo? Já estão pensando em voos maiores?
O desfile foi um voo bem grande que a gente deu. O nosso voo maior é o nosso showroom em Nova York e, agora, iremos fazer um em Paris. Acho que esses voos internacionais são bem importantes.

Pin It on Pinterest