Por Ana Angélica Mattos Fotos: Agência Fotosite Backstage: Raíssa Maluf para CM

O primeiro dia de desfiles do Minas Trend abriu com chave de ouro a temporada de Inverno 2018. Na passarela, Sindijoias veste Madrepérola, Lucas Magalhães, Molett, Natalia Pessoa, Plural e Unity Seven fizeram bonito com suas coleções.

SINDIJOIAS VESTE MADREPÉROLA

Em sua estreia, o Sindijoias reuniu Caleidoscópio, Carlos Penna, Claudia Arbex, Hector Albertazzi, Lázara e Marieta Rigoni para realizar um desfile coletivo com um mood eclético e visão plural. Com styling de Paulo Martinez, o figurino foi assinado pela grife Madrepérola e os sapatos eram de Jailson Marcos. O resultado? Um desfile que celebrou a identidade individual das marcas promovendo a união do coletivo.

LUCAS MAGALHÃES

Como havíamos adiantado por aqui, Lucas Magalhães levou para a passarela uma coleção inspirada no espelho das relações humanas e sua interação nos dias atuais. Muitas cores e texturas misturadas traziam referências das artes urbanas, como os grafites em muros dos grandes centros. Para as estampas, técnicas de tinta, silk, estampa digital e bordado computadorizado em tecidos que iam do pelo sintético, ao tafetá e até a gaze plissada. As relações humanas estavam representadas também na composição da coleção, com collabs especiais: as t-shirts eram FM86, os calçados Nuu Shoes, bolsas Lucchetto e bijoux por Carlos Penna.

MOLETT

Criada há 3 anos, a Molett fez seu début na passarela do Minas Trend apresentando a coleção 404 que traz um rumo estético que incorpora o erro em pequenos detalhes. Projetando o futuro, a coleção vive um presente minimalista, aliviado e desapegado, podendo ser definida como transgressora, slow e durável. Carro chefe da marca, o moletom agora aparece dublado em finas camadas de plástico e apresenta novas texturas e reflexos. Com modelagem bastante democrática, as roupas vão além do gênero e contemplam todos os corpos.  Nos looks, predominância do preto, cinza e vermelho, shapes oversize e pegada futurista.

NATALIA PESSOA

O inverno de Natalia Pessoa foi destaque do primeiro dia de desfiles do Minas Trend, incorporando detalhes tropicais à sua coleção de Inverno 2018. Tendo como inspiração a cidade de Natal/RN, onde a estilista morou por muitos anos, as criações apresentam uma cartela de cores quentes, que iam do vermelho, passavam pelo verde, laranja e rosa pink. Estampas com muitas folhagens e um detalhe que amamos: estampas de coqueiros que em algumas peças surgiam com belos bordados.

PLURAL

Uma rotina desacelerada. Essa foi a inspiração que serviu como ponto de partida para a coleção de inverno da PLURAL. Texturas e processos artesanais trazem a referência da pureza e beleza do mundo natural. Representando uma mulher moderna e contemporânea, a coleção utiliza tricôs de pontos largos artesanais, franjas, pinturas manuais, estampas criadas a partir de carimbos de frutos e galhos e serigrafia. As apostas da marca para o inverno são tecidos como o tweed, jacquards, viscose, tricôs manuais, veludos molhado e canelado, couro e moletom encerado. Os shapes são amplos e na palheta de cores, referências outonais no preto, off-white, tonalidades de cinza e verde erva-mate. Complementando as produções desfiladas, acessórios assinados por Carlos Penna, bolsas Diwo e sapatos Estúdio NHNH.

UNITY SEVEN

Batizado de “Art Bloom”, o inverno da UNITY SEVEN nasceu a partir do conceito de arte. Para isso a marca buscou referências nas formas botânicas, representadas por flores de todos os tamanhos e estilos nos prints de vestidos longos, fresh e contemporâneos, tão presentes no DNA da marca. Tons de azul, amarelo e rosa garantem o mood romântico da coleção que traz ainda cores mais noturnas como marinho, preto e burgandy em produções mais ousadas com transparências e cortes assimétricos.

#ConexãoMinasTrend

Pin It on Pinterest